Os gatos são criaturas muito especiais e apesar de todos os esforços feitos pelo Homem, não são assim tão distantes dos seus antepassados selvagens. Tem uma variedade enorme de padrões comportamentais e uma linguagem própria. Assim sendo, quando os trazemos para as nossas casas e os tentamos domesticar, eles continuam a ser eles próprios e a fazer “o que bem lhes apetece”. Isto pode ser bastante frustrante para certos donos de gatos, mas a verdade é que nós temos que aprender a viver com eles e não eles connosco. Perceber porque é que os gatos se comportam de determinada maneira, pode ajudar-nos a desenvolver estratégias para persuadir o gato a fazer o que nós queremos.

O treinos dos gatos

Os Gatos são bastante mais dificeis de treinar do que os cães, porque os cães gostam de nos agradar. Os gatos por outro lado, estão altamente motivados, mas apenas para se satisfazerem a eles próprios. A chave para o treino dos gatos, é assegurarmo-nos de que quando eles fazem o que desejamos, são altamente recompensados. Os comportamentos não desejados devem tornar-se desagradáveis para o gato. A punição não resulta, o gato irá continuar a comportar-se de maneira errada quando não estivermos presentes. Alguns gatos tem comportamentos indesejáveis apenas para chamar a atenção, atenção essa que funciona como recompensa para que o gato continue a ter o mesmo comportamento.

Treino de Gatos para o uso da caixa da areia

Os gatos são animais asseados por natureza e a utilização da caixa de areia é, na maioria dos casos, quase instintiva. Depois de o alimentar o depois ele acordar, leve-o para perto de uma caixa de areia limpa. Assim que o gato entrar na caixa, raspe na areia com mão de maneira a lhe despertar o interesse. A caixa da areia deve sempre estar limpa, para que o seu gato a possa utilizar sempre que quiser. Demonstre-lhe o seu agrado sempre que ele a utilizar.

O Instinto da Predação

Muitos donos dificilmente aceitam o facto de que o seu querido animal de estimação é simultaneamente um predador cruel. É especialmente difícil para alguns, viver com um animal que insiste permanentemente em trazer as suas presas para casa. Caçar é um instinto muito forte nos gatos que irão continuar a caçar e a apanhar presas, mesmo quando são bem alimentados. Os gatinhos usam o instinto de predação nas brincadeiras e à medida que crescem desenvolvem as suas capacidades com a prática.
O único modo de impedir o seu gato de caçar é mantê-lo fechado em casa. Colocar-lhe uma campainha na coleira poderá levar a uma redução do número de presas que ele apanha.

O Instinto de Arranhar

As unhas são uma parte importante do “armamento” dos gatos no meio selvagem. Usam-nas para caçar, lutar e trepar. Como tal é importante que as unhas se mantenham afiadas e em boa condição. Arranhar algo, é a melhor maneira que o gato tem para remover as camadas mais antigas das unhas e mantê-las em perfeitas condições. A mobília é um dos muitos locais que os gatos podem utilizar para o fazer, mas os donos poderão tentar que este comportamento se torne desagradável, por exemplo, gritando ou fazendo barulho. No entanto, deverá ensinar ao gato onde é que ele pode arranhar, para que ele possa marcar e definir o próprio território. Se o comportamento persistir, poderá vir a precisar de alguns conselhos do seu veterinário, para que consiga lidar com a situação.

Para mais informações e conselhos, consulte-nos.