Todos os cachorrinhos são queridos e é bastante tentador adquirir um, quase por acidente.
Adquirir um cachorro é uma grande responsabilidade, basta pensar que ele não vai ficar cachorro para sempre. No espaço de um ano, vai ter um cão adulto, que se espera que viva cerca de 10 anos ou mais.

Antes de adquirir um cachorro pense se está preparado para assumir um compromisso a longo prazo, e em caso afirmativo, qual é o melhor tipo ou raça de cão que melhor se adequa ao seu estilo de vida.

Onde adquirir um cachorro?

Existe uma grande variedade de raças e se decidir adquirir um cachorro de uma qualquer raça, deve contactar um veterinário ou um criador para obter mais informações e se realmente é o tipo certo de cão para si.
Ouça atentamente as informações prestadas e pense se está realmente a fazer a escolha acertada. Não compre cachorros a pessoas ou em locais que não lhe transmitam confiança, embora lhe possa parecer um negócio tentador.
Peça sempre para ver o cachorro com a mãe e de preferência no local onde habitam. Se tiver crianças, deve preferencialmente escolher um cachorro criado num ambiente onde também existam crianças.
Os centros de recuperação de animais ou os canis têm permanentemente cachorros e animais para adopção.
Pode-lhe até ser mais conveniente adquirir um animal adulto e já treinado.
Não se esqueça no entanto, de que terá havido uma razão para o abandono desse animal. Se possível tente perceber qual.

Como posso saber se o meu cachorro é saudável?

Se o cachorro já for portador de uma doença poderá nunca recuperar totalmente.
Um cachorro saudável deverá ter os olhos brilhantes e um pêlo limpo e lustroso.
Evite escolher um cachorro com uma barriga dilatada ou com um pêlo seco e com descamação.
Leve o cachorro ao veterinário para um exame clínico o mais rápido possível.
Só ele lhe poderá dizer se o cachorro está saudável.

Quais os sinais de bom temperamento?

Um cachorro saudável e equilibrado deve ser activo, curioso e brincalhão.
Se for nervoso ou parecer apático, não é bom sinal.
Contudo os cachorros dormem durante longos períodos, logo o ideal será visitar o cachorro mais do que uma vez, em alturas diferentes do dia, antes de tomar a decisão final.
As primeiras experiências são importantes na vida de um cachorro, para que se adapte bem e seja feliz na sua nova casa.
O ideal será escolher um cachorro de uma casa de certo modo semelhante à sua.
Se tiver crianças ou gatos, o ideal será que o cachorro já esteja familiarizado com ambos.

Que informações devo obter do criador?

Os cachorros devem apenas deixar a mãe entre as oito e as doze semanas.
Antes de levar o cachorro para casa deverá informar-se sobre que tipo de cuidados lhe eram prestados, deverá alimentá-lo com o mesmo tipo de alimento ou no caso de mudar deverá fazê-lo gradualmente.
No caso de já ter sido vacinado, deve exigir sempre o boletim de vacinas assinado e carimbado por um veterinário.
A desparasitação é muito importante, e deve ser feita sempre, normalmente de 15 em 15 dias nos primeiros meses de vida.
Informe-se da data da última desparasitação e consulte o veterinário sobre a continuidade do tratamento em sua casa.

De que equipamento necessito?

Assegure-se de que tem todas as coisas antes de levar o cachorro para casa.
Recipientes para água e comida, uma cama confortável, coleira com identificação e caso seja necessário material de “grooming”.
Brinquedos são também uma excelente ideia.

E se já houverem outros animais na casa?

Até que o cachorro complete o protocolo de primovacinação (por volta das 12 -14 semanas), deve apenas contactar com animais vacinados.
Se tiver outros animais, estes devem ser apresentados gradualmente e nunca os deixe sozinhos nos primeiros encontros.
É muito importante para o cachorro ter contacto com outros animais e pessoas o mais cedo possível.
Uma vez que a primovacinação esteja completa tente sair e passear o mais possível com o seu cachorro.
Existem já em muitos locais classes de socialização para cachorros, onde estes podem contactar com outros da mesma idade.
Procure frequentar aulas de treino, ou procure bibliografia sobre o comportamento canino.
Lembre-se que os maus hábitos aprendidos cedo são difíceis de desaparecer.

Que outros cuidados são necessários?

Os cuidados com o pêlo são essenciais.

A escovagem diária é imprescindível para um pêlo saudável e bonito.
Começe o mais rápido possível para que o cachorro se habitue, e vai ver que rapidamente ele próprio vai procurar junto de si este tipo de atenção.
As patologias dentárias são frequentes em cães, mas podem evitar-se, tal como nos humanos, através da escovagem diária dos dentes ou outros meios de prevenção do tártaro.
Se começar este tipo de rotinas cedo, será muito mais fácil continuar quando o animal já for adulto.
Existem escovas e pastas adequadas para cães. Não use pasta de dentes ou elixir para humanos em cachorros, eles não vão gostar da espuma nem do sabor.

O meu cachorro precisa de vacinas?

Existem várias doenças altamente infecciosas (e potencialmente fatais) que um cachorro pode apanhar.
Não existe tratamento eficaz para muitas dessas doenças e muitos dos cachorros que as desenvolvem, infelizmente acabam por morrer.
Para que o seu cão seja saudável, assegure-se de que o seu cachorro recebe o protocolo inicial de vacinas completo e posteriores revacinações anuais. Consulte protocolos de vacinação em serviços.