Todos os anos, milhões de cães e gatos abandonados, incluindo cachorros e gatinhos, são desnecessariamente eutanasiados.
A boa notícia é que cada dono pode fazer a diferença. A esterilização de cães e gatos, além de prevenir o nascimento de cachorros e gatinhos indesejados, melhora ainda a saúde e qualidade de vida dos animais de estimação.

Contrariamente ao que algumas pessoas acreditam, a gravidez/gestação - ainda que uma só vez - não melhora o comportamento das cadelas e gatas.
O instinto de acasalamento e gestação, pode aliás, levar a comportamentos indesejáveis e resultar em situações de stress quer para o dono quer para o animal.
Apesar das boas intenções de alguns donos, muito poucos estão preparados para o trabalho necessário ao acompanhamento da gestação, cuidados com os cachorros ou gatinhos e na procura de novos donos para estes.

Esterilização cirúrgica

Durante a esterilização cirúrgica, o cirurgião remove certos órgãos reprodutivos.
No caso das gatas e cadelas, normalmente são removidos os ovários e o útero.
Este procedimento cirúrgico designa-se ovariohisterectomia.
No caso de cães e gatos machos, os testículos são removidos e este procedimento designa-se orquiectomia, vulgarmente designado por castração.
Apesar de a esterilização e a castração não serem procedimentos cirúrgicos simples, são talvez dos mais frequentemente realizados pelos veterinários.
Antes da cirurgia, qualquer animal é cuidadosamente examinado para assegurar que se encontra em bom estado de saúde.
A cirurgia é realizada sob anestesia geral e são administradas medicamentos para minimizar a dor.
O animal deverá realizar uma actividade controlada durante os dias seguintes à cirurgia, até à cicatrização da incisão.

Benefício da esterilização e castração para a sociedade

Ambas as cirurgias previnem ninhadas indesejadas e evitam problemas comportamentais associados ao instinto de acasalamento.

Benefícios da esterilização das gatas e cadelas

As cadelas atravessam um período de estro ou cio aproximadamente cada seis meses, dependendo da raça.
O cio da cadela pode durar até 21 dias, durante o qual a cadela pode, deixar marcas de sangue pela casa e tornar-se ansiosa, temperamental e procurar um macho activa e desesperadamente.
A cadela em cio pode tornar-se mais conflituosa com outras cadelas, incluindo outras fêmeas na mesma casa.
Durante a época de acasalamento, as gatas podem ter cio cada duas semanas até que fiquem gestantes.
Durante este tempo, podem apresentar comportamentos de chamamento, como vocalizações frequentes e micção (urinar) em sítios inadequados.
Com a esterilização deixam de existir os cios e também os comportamentos indesejáveis que muitas vezes levam a que os proprietários entreguem os seus animais nos canis ou até mesmo os abandonem.
A esterilização de gatas e cadelas numa idade jovem é extremamente importante uma vez que evita o aparecimento de problemas de saúde graves, como são as infecções uterinas e os tumores mamários.

Benefícios da castração de cães e gatos machos

Os cães e gatos machos tornam-se sexualmente activos, em média, entre os 6 e os 9 meses de idade.
Ao atingirem a maturidade, é provável que iniciem a marcação do território, ao urinar na mobília, cortinados e em outros locais da casa, com uma urina com cheiro bastante intenso e desagradável.
É também provável que os machos intactos aproveitem todas as oportunidades para tentar fugir de casa em busca de um acasalamento.
Os cães e gatos em busca de uma fêmea em cio tornam-se agressivos e podem ferir-se, ferir outros animais e até pessoas quando entram em lutas.
É também maior o risco de serem atropelados.
A castração reduz o instinto de acasalamento e pode ter um efeito calmante, tornando os animais menos propensos a fugas, logo mais felizes por estarem em casa.
A castração reduz ainda o risco de desenvolvimento de doenças prostáticas e cancro testicular.

 

Riscos associados à cirurgia

Tal como em qualquer procedimento cirúrgico, a esterilização está associada com algum risco anestésico e cirúrgico, embora a incidência geral de complicações seja bastante baixa.

O momento mais aconselhada para realizar a esterilização ou castração depende de vários factores como a raça, a idade ou a condição física e estado de saúde do seu animal, sendo o médico veterinário a pessoa mais habilitada para o fazer.
Mas tenha em mente que, contrariamente à crença popular, não é melhor esperar que a sua gata ou cadela tenha o primeiro cio, ou até que tenha uma gravidez, para realizar a esterilização.

Alterações de comportamento e metabolismo após a esterilização/castração

O procedimento cirúrgico não tem qualquer efeito na inteligência ou na capacidade de aprender, brincar, trabalhar ou caçar.
A maior parte dos animais tende a tornar-se mais bem comportada após a cirurgia, tornando-se melhores companheiros.
A alimentação com uma dieta equilibrada e a prática de exercício regular permite manter os animais com um peso aconselhado e evita riscos de saúde associados à obesidade.
Aconselhe-se conosco, sobre qual a melhor dieta para o seu animal de companhia.

Benefício vs. Preço

Embora seja um valor elevado, esta é uma despesa única, que pode melhorar dramaticamente a qualidade de vida do seu animal de companhia.
Se restarem dúvidas, considere as despesas para a sociedade com o tratamento e alimentação de animais abandonados e maltratados que todos os anos são recolhidos por canis e associações.

.